quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Delfinópolis VII


Écologique

Ai dona Mutuca!
A senhora passa a vida inteira aqui,
bebendo aguinha, esperando chegar
um animal de sangue quente.
(Tantas como você morrem sem tal chance na vida,
o ápice da sua curta existência.)
Aí chego eu, da cidade, ofertando minha canela doce,
mato você com um tapa, e jogo seu corpo na água
que agora lhe bebe.


Francisco Vieira
06/09/10

Um comentário:

Dois Ursos disse...

Adorando demais essas de natureza cara. Putz, falamos que a de cima foi a melhor, mas essa da mutuca foi muito boa. Vou compartilhar essa